Início Primeiro trimestre de 2022 será volátil para o setor da mineração, afetando economia e geração de empregos




Primeiro trimestre de 2022 será volátil para o setor da mineração, afetando economia e geração de empregos

janeiro 18, 2022 às 2:16 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Analista da Ohmresearch afirma que a produção, economia e empregos serão impactados, uma vez que o setor de mineração será bastante afetado pelas chuvas no primeiro trimestre de 2022
Analista da Ohmresearch afirma que a produção, economia e empregos serão impactados, uma vez que o setor de mineração será bastante afetado pelas chuvas no primeiro trimestre de 2022. Reprodução

O mercado do setor da mineração será bastante afetado pelas chuvas no primeiro trimestre de 2022 e analista da Ohmresearch afirma que a produção neste período será impactada fortemente

Com os últimos acontecimentos no setor, o analista da Ohmresearch, Gilberto Cardoso, falou sobre as previsões para o mercado da mineração em 2022. Assim, as chuvas, que até essa terça-feira, (18/01), permanecem, podem gerar impactos maiores nas operações, além de impactaram na produção e na geração de empregos, que serão afetados negativamente durante todo o primeiro trimestre do ano, se tornando muito volátil para as empresas do ramo.

Veja também:

Setor de mineração passará pelo primeiro trimestre de 2022 sendo bastante volátil para as empresas do ramo e profissionais que buscam por empregos

As primeiras semanas de janeiros foram marcadas por suspensões realizadas pela CSN, Vale e Usiminas nas suas operações da mineração no estado de Minas Gerais, devido às fortes chuvas ocorridas na região. Assim, apesar de ser uma decisão tomada para garantir a segurança de todos na produção de minérios no estado, a suspensão das operações irá impactar negativamente o mercado da mineração durante o primeiro trimestre do ano de 2022. 

Assim, o analista da Ohmresearch, Gilberto Cardoso, comentou sobre os impactos desse momento nas vendas e operações do segmento e destacou que “esse primeiro trimestre vai ser muito volátil. O mercado tem muita liquidez por ‘N’ fatores. Subida de juros nos países desenvolvidos, sobretudo Estados Unidos, os preços voláteis das commodities. Então, qualquer impacto, como o da Vale dizendo que vai parar algumas unidades do Sudeste, impacta diretamente no preço do minério”. 

O analista da Ohmresearch ressaltou também que o primeiro trimestre dos anos geralmente é bastante afetado pelo período de chuvas, mas que esses recentes acontecimentos no estado de Minas Gerais irão impactar de maneira muito mais profunda o mercado da mineração. Mesmo estando cientes sobre o momento inicial de chuvas que ocorrem com constância, muitas mineradoras e empresas do setor não conseguiram prever um impacto tão grande como o que está acontecendo e poderão sofrer com esses acontecimentos. 

Impacto das chuvas no mercado da mineração também irá afetar demanda de empregos e economia do segmento neste primeiro trimestre de 2022

Gilberto Cardoso também ressalta a importância do setor da mineração para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro e para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, com a geração de novos projetos e postos de emprego a cada ano. Assim, o momento atual de suspensão das operações e atraso na produção de uma série de minérios, principalmente na região de Minas Gerais, irá afetar essa dinâmica fortemente. O impacto na economia do estado mineiro já é perceptível e a perda de capital com a suspensão na produção preocupa ainda mais as companhias do setor. 

Entretanto, o analista também ponderou que o setor da mineração é um dos mais acostumados com momentos de instabilidade repentina e que ele consegue se recuperar com facilidade. Dessa forma, ele prevê uma rápida recuperação após o período de chuvas finalizar, principalmente no estado mineiro, e que a volta das operações possa acontecer de maneira muito mais produtiva. O executivo ainda ressaltou que o segmento irá conseguir se reerguer de forma muito mais rápida em comparação com outros setores afetados, como é o caso da siderurgia brasileira. 

O que se espera agora é que as empresas mantenham a redução ou suspensão na produção dos seus minérios enquanto essa decisão seja necessária para a segurança de todos e que, assim que possível, elas possam retornar às operações. Com isso, o setor da mineração poderá se manter firme diante de mais um momento de crise, como já aconteceu em outros anos no segmento.

Relacionados
Mais recentes