MENU
Mineração
Menu
Início Canadá investirá ainda mais no setor de mineração com governo de Lula: “querermos reforçar mais essa relação”




Canadá investirá ainda mais no setor de mineração com governo de Lula: “querermos reforçar mais essa relação”

novembro 30, 2022 às 10:09 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Canadá investirá ainda mais no setor de mineração com governo de Lula: "querermos reforçar mais essa relação"
Fonte da imagem: Assessoria de imprensa

O embaixador do Canadá afirmou, na décima edição do Simpósio Brasileiro de Exploração Mineral (SIMEXMIN-2022), que o país tem interesse em investir no setor de mineração no Brasil em 2023, mesmo com o governo de Lula.

Investimentos massivos no governo Lula pelo Canadá? Até esta quarta-feira, 30 de novembro, está acontecendo o Simpósio Brasileiro de Exploração Mineral (SIMEXMIN-2022), que visa debater os investimentos em mineração em escala mundial, contando com mais de 1200 participantes, integrantes de vários países e empresas, que se encontraram para discutir sobre transição energética, aumento da demanda chinesa para a construção civil – equivalente a mais de 20% de seu PIB (Produto Interno Bruto) – e outros fatores. 

Os investimentos de países como o Canadá no Brasil trarão uma série de impactos para a economia, inclusive o aumento de vagas de emprego no setor, seja para formação de ensino superior ou iniciais como fundamental e médio. 

Artigos recomendados

O governo petista, eleito em outubro para administrar o país pelos próximos quatro anos, entretanto, tem vertentes resistentes a muitas ações tomadas por mineradoras que ocasionam em desmatamento, contaminação e outros impactos negativos sobre o meio ambiente. 

O Simpósio Brasileiro de Exploração Mineral (SIMEXMIN-2022) já está em sua décima edição e iniciou-se no dia 27 de novembro no Parque Metalúrgico de Ouro Preto (MG), promovido pela Agência para o Desenvolvimento e Inovação do Setor Mineral Brasileiro (ADIMB)

Além de integrantes brasileiros, conta com a participação de empresas / investidores / ouvintes dos Estados Unidos, Canadá, Espanha, Chile, Portugal, Peru, Colômbia, Argentina, Reino Unido e França. 

Mineração é um investimento de anos, “para além da política”, por isso o diálogo do setor permanece com governo Lula

Marcos André citou no evento que a mineração deve ser vista como um investimento de elevado prazo, que esteja acima da política ou do governo eleito para administrar um país. Por isso, o setor dialoga com o Partido dos Trabalhadores (PT) para promover novos investimentos na área. 

A ADIMB defende, inclusive, qualquer política que seja favorável à prática da mineração. Por meio de políticas de investimentos, é possível promover diversificação e inovação no setor. Segundo André, o avanço científico deve se dar exclusivamente pelos debates e avaliações em pares realizadas de forma sadia, tudo o que é buscado pelo simpósio que se encerra nesta quarta-feira, 30 de novembro.

Embaixador do Canadá se mostra positivo com os investimentos no Brasil, que devem continuar em 2023

Segundo Emmanuel Kamarianaki, embaixador do Canadá no Brasil, ambos os países já possuem fortes relações no campo da mineração, mas estes laços devem ser mais estreitados, para melhorar a relação e garantir melhores parcerias. 

Muitas empresas e indústrias canadenses já adquirem metais de marcas brasileiras, de acordo com ele, são dois mercados “sofisticados”. Inclusive, mais de 70% de todo o ouro produzido em nosso país se deve à empresas canadenses. Hoje, as commodities de ouro futuro atuam com alta de 1,8%. Entretanto, o acumulado das últimas 52 semanas, equivalente a um ano, é de queda, sendo de 1,99% em desvalorização. 

Commodities de ouro – Fonte: Investing

Relacionados
Mais recentes