Início Demanda de aço possui R$20 bilhões aprovados para projetos, afirma presidente da Caixa no Congresso Aço Brasil




Demanda de aço possui R$20 bilhões aprovados para projetos, afirma presidente da Caixa no Congresso Aço Brasil

agosto 26, 2022 às 3:53 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Demanda de aço
Demanda de aço (Reprodução: divulgação)

Na última semana, foi realizado o Congresso Aço Brasil, em São Paulo. Entre os destaques do evento, tivemos a presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques Consentino, que afirmou que, hoje, a Caixa possui 53 projetos na carteira, que contratam R$19 bilhões de investimento, para suprir a demanda de aço no país.

Além disso, ela afirmou que a perspectiva é aprofundar essa atuação na demanda de aço brasileira, pois a Caixa visa transformar o número em 400 projetos, sendo 28 mil empreendimentos com R$195 bilhões em investimentos, com R$20 bilhões somente para o setor. Para ela, a ideia é transformar o país em um polo de semicondutores. Por outro lado, o Conselheiro do Instituto Aço Brasil, Marcos Faraco, afirmou haver um grande desafio em melhorar o consumo de aço per capita no país, o que fica mais evidente quando é realizado uma comparação com os dados equivalentes de outros países, como México, Chile e China.

Dessa forma, ele afirma que a resposta que o instituto busca para destravar a demanda per capita de aço está na construção civil, na indústria de equipamentos e no setor automotivo que, atualmente, representam 80% de toda a demanda de aço no Brasil. Paralelamente, o Almirante Flávio Rocha, secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, apontou que o Governo Federal está desenvolvendo um plano estratégico para o Brasil, que visa os benefícios a longo prazo. Além disso, ele aponta que a política nacional do aço é composta de 69 objetivos nacionais. Portanto, é esperado que a agência nacional de estratégia seja publicada muito em breve.

Artigos recomendados

Demanda de aço funciona como um motor para o Brasil, dessa forma, o Governo Federal afirmou que o aço está presente em metade dos objetivos na nova agência estratégica, assim como também integra as diretrizes nacionais estratégicas. 

Basicamente, isso mostra a importância do setor do aço para o Brasil. Além disso, Rocha afirmou que até 2050, o Brasil deverá contar com mais de 30 milhões de novas habitações, que deverão ser feitas a partir da construção em aço. Posteriormente, Alexandre Ywata, secretário Especial de Produtividade e Competitividade, afirmou que a indústria do aço é essencial para o crescimento do Brasil, especialmente quando contempla os projetos em estudo de todos os setores econômicos.

Dessa forma, ele reforçou que, atualmente, o país tem R$370 bilhões de investimentos em projetos em estado avançado de estudo. Por isso, ele acredita que o setor tem uma grande missão pela frente, afinal, ela compreende o papel da demanda de aço como um motor primordial para toda essa produção. Por fim, Armando Monteiro questionou a perda de impulso da economia brasileira, especialmente da indústria, que declina desde a década de 1980. Entretanto, ele afirma que vê novos caminhos para uma reconquista de espaço, pois há diversos fatores associados a isso, embora também seja possível identificar um quadro de estagnação da produtividade no país.

Hoje, existe um papel fundamental a ser assumido pela liderança empresa, além de diversas grandes oportunidades que a sociedade deve apontar, para criação de novas estratégias, que conseguirão aliar o setor público e privado para poderem acertar os rumos da indústria de aço e, de alguma forma, moldar os governos.

Consumo de aço deve dobrar em dez anos no Brasil

Conforme informações do novo presidente do Conselho Diretor do Instituto Aço Brasil, Jefferson de Paulo, o consumo de aço por habitante no Brasil deverá dobrar dentro de uma década. Atualmente, 125 quilos do metal por habitante são consumidos no país. Sendo assim, a previsão é que, em até dez anos, o consumo chegue a 250 quilos por habitante, gerando um ambiente mais propício para investimentos e desenvolvimento da sociedade, com uma melhor geração de emprego e renda.

Leia mais: Workshop de Mineração realizado pela Câmara Setorial da ABIMAQ conta com patrocínio da Syx Global, expositor M&T Expo

Relacionados
Mais recentes