Friday, 03 de December de 2021

Vale e Posco criam acordo para reduzir a emissão de gás carbônico nas operações

Vale e a produtora de aço, Posco, assinaram um Memorando de Entendimento que visa a redução da emissão de gás carbônico nas empresas

A mineradora Vale e a produtora de aço Posco assinaram um Memorando de Entendimento que visa a redução da emissão de gás carbônico em busca de um futuro mais sustentável para as empresas

A corrida em busca de um futuro mais sustentável e com menos impactos ambientais é cada vez mais frequente ao redor do mundo inteiro e a Vale não poderia ficar de fora dessa iniciativa. Na última quinta-feira, (04/11) a mineradora e a produtora de aço Posco assinaram um Memorando de Entendimento que busca reduzir a emissão de gás carbônico nas operações das empresas.

Outros artigos interessantes:

Memorando de Entendimento assinado pelas empresas busca uma maior redução na emissão de gás carbônico

O Memorando de Entendimento foi assinado pelas companhias em uma reunião virtual recente, realizada com o intuito de buscar novas alternativas para a logística das operações e pensar em formas de reduzir os impactos ambientais. Assim, o acordo tem o objetivo de conseguir uma redução maior na emissão de gás carbônico na siderurgia, decisão que pode ser bastante benéfica para o meio ambiente e para um futuro mais sustentável nesse setor. 

Marcello Spinelli, Vice-Presidente Executivo da Vale comentou sobre o Memorando de Entendimento assinado pelas empresas e afirmou que “a indústria siderúrgica e de mineração já estão em transformação para desenvolver soluções de baixo carbono, e estamos felizes em estar com a Posco nesta jornada. A definição do caminho da descarbonização será fundamental para definir como a indústria cumprirá as metas do Acordo de Paris e entregará um importante legado à sociedade e ao nosso planeta. A Vale está bem posicionada para liderar a indústria com nosso portfólio de classe mundial e de alta qualidade e com tecnologias inovadoras”.

O acordo entre as empresas busca utilizar o portfólio da mineradora, incluindo produtos derivados do minério de ferro que a mineradora oferece, como pelotas, finos e briquetes, como uma solução viável para a redução na emissão de carbono na atmosfera. Além disso, a utilização desses produtos irá contribuir no processo de descarbonização da Posco até o ano de 2050 no processo da produção de aço integrado. 

Acordo entre a Vale e a Posco será bastante benéfico para ambas as empresas

O objetivo de alcançar a neutralidade na emissão de carbono e minimizar os impactos ao meio ambiente não se restringe a apenas uma das companhias e, com o Memorando de Entendimento assinado, ambas as companhias serão beneficiadas nessa trajetória. O que se espera é que as empresas possam trabalhar lado a lado para contribuir na redução da emissão de carbono e na criação de uma logística mais sustentável nesse setor. 

O Sr. Kim, Head da Unidade de Negócios de Aço da Posco, em relação à parceria entre as empresas para essa iniciativa, destacou que “ambas as empresas têm o objetivo de alcançar a neutralidade em carbono até 2050, uma importante responsabilidade social que devemos cumprir como membros da sociedade. Em vez de tentarmos sozinhos, se trabalharmos juntos, criaremos mais sinergia. Ao assinar o acordo, espero uma maior sinergia entre a Vale e a Posco em direção à neutralidade de carbono”.

A Vale também afirmou que o acordo entre a mineradora e a Posco irá contribuir para que ela consiga reduzir 15% das emissões líquidas de Escopo 3 até 2035 e alcançar a neutralidade na emissão de carbono até o ano de 2050. Assim, os impactos ao meio ambiente causados por essas companhias serão minimizados com essa iniciativa.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.