Início Osisko fecha acordo para adquirir a Tintic Consolidated Metal: o que isso impacta no mercado de mineração?




Osisko fecha acordo para adquirir a Tintic Consolidated Metal: o que isso impacta no mercado de mineração?

junho 2, 2022 às 11:27 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Osisko fecha acordo para adquirir a Tintic Consolidated Metal: o que isso impacta no mercado de mineração? - Pixabay
Osisko fecha acordo para adquirir a Tintic Consolidated Metal: o que isso impacta no mercado de mineração? – Pixabay

Durante essa semana, a Osisko Development afirmou, por meio da sua coletiva de imprensa, que estava fechado um acordo para realizar a compra de Tintic Consolidated Metals, empresa multinacional que tem a sua sede localizada nos Estados Unidos e que detém um dos maiores centro s de minas localizado em Utah. 

A Tintic Consolidated Metals possui mais de 18 mil acres de terras em mineração que são exploradas a cada dia por centenas de profissionais. Segundo o que foi anunciado, os mesmos profissionais serão mantidos e haverá a criação de novas vagas de emprego no setor. A Osisko afirmou que pretende realizar a emissão de ao menos 12.049.449 ações ordinárias para que consiga financiar a compra. 

A marca fará o pagamento de ao menos US$ 51 milhões em royalties agregados com retorno líquido de 2%. O acordo entre as duas empresas também prevê que haja o pagamento de referidos, por volta de US $12,5 milhões, junto a outras condições de pagamentos que não foram anunciadas de forma clara. 

Leia mais artigos do nosso jornal sobre mineração: 

Mineração recebendo novos investidores Osisko

O  presidente e CEO da Osisko Development, Sean Roosen, afirmou que estariam recebendo novos investidores com a aquisição da mina e que estão interessados em criar projetos para o desenvolvimento de novas tecnologias. Afinal, querem aumentar  a produção de dentro do campo de atuação, ao mesmo tempo em que se consegue prever problemas complexos na produção. 

A marca assinou um termo de compromisso com a Osisko Bermuda (OBL), que é uma de suas subsidiárias, garantindo que haverá uma circulação de metais no valor mínimo de US$ 20 milhões em dinheiro. O que é praticamente R$ 100 milhões quando se realiza o procedimento de conversão direta. 

O que isso quer dizer? Que se estima que ao menos 2,5% de todos os metais que forem produzidos pela atual Tintic serão enviados para a sua sediadora OBL, para que sejam utilizados na construção novos produtos e ferramentas. Sem contar que ao menos 25% da compra de todos os metais que estiverem na mina serão garantidos para aquisição de parceiros. 

A OBL mostrou interesse em fazer o uso de recursos para o pleno dissolvido da Tintic e, além disso, até o final do mês de julho, a instituição pretende entrar para a bolsa de valores, onde os seus papéis poderão ser negociados por investidores internacionais.  Cada ação terá o valor de US$ 4,5 para que gere uma receita bruta de ao menos US% 60 milhões. 

A bolha da mineração pode estourar em escala multinacional? 

Muitos especialistas acreditam que a bolha da mineração poderá estourar dentro de pouco tempo por causa da inflação do setor e dificuldade dos materiais de construção em conseguirem controlar a elevada dívida causada pela pandemia. No Brasil, o setor imobiliário sofre com uma das inflações mais altas, superando áreas como saúde e educação, de acordo com dados do IBGE. 

Relacionados
Mais recentes