Início Mercado de reciclagem de baterias de lítio crescerá US $ 66,6 bilhões até 2030. Empresas já buscam soluções para substituir o metal, como mineração marítima e bateria de areia, afirma Martec




Mercado de reciclagem de baterias de lítio crescerá US $ 66,6 bilhões até 2030. Empresas já buscam soluções para substituir o metal, como mineração marítima e bateria de areia, afirma Martec

julho 12, 2022 às 6:17 am
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Mercado de reciclagem de baterias de lítio crescerá US $ 66,6 bilhões até 2030. Empresas já buscam soluções para substituir o metal, como mineração marítima e bateria de areia - Canva
Fonte da imagem: Canva

As reservas de lítio, principalmente em Minas Gerais (MG), criarão milhares de empregos até 2030, sem contar que incentiva a mineração no Brasil, aumentando os estoques do metal para exportação e controlando os preços das commodities. O bilionário Elon Musk é um dos interessados neste investimento. 

De acordo com uma matéria divulgada pelo portal Ein News, é estimado que o mercado de reciclagem de baterias de lítio tenha crescimento de ao menos 19% até o ano de 2030. Isso acontece porque empresas como a Tesla, liderada por Elon Musk, estão, a cada dia que passa, mais preocupadas com os estoques das empreas de mineração e exportações do metal para a fabricação de carros elétricos. O valor total em economia gerada está por volta de US$ 66 bilhões. 

Antigamente, a reciclagem de baterias não era vista como uma atividade promissora. No entanto, devido a baixa quantidade de estoques, é a única forma das empresas não estagnaram em produtividade. Tendo isso em vista, o governo brasileiro também anunciou que reduziria, exponencialmente, as taxas de exportação de forma a aumentar as negociações internacionais e controlar os preços das commodities.

Leia mais: 

Mercado global de reciclagem de baterias preverá forte crescimento e desenvolvimento pela falta de estoques e alta necessidade do metal 

Mineração no fundo do mar: uma saída para a escassez de alguns metais? – Fonte do vídeo: DW Metais

Tendo em vista o baixo estoque dos metais, muitas empresas começaram a desenvolver métodos patenteados para utilizar as baterias de lítio para a construção de novos desenvolvimentos no setor automotivos. Alguns métodos são exclusivos e surgiram com esta necessidade de mercado. 

Inúmeras políticas governamentais estão contando com incentivos para que as empresas criem formas para recuperar os metais das baterias não mais usadas. 

Enquanto isso, alguns países, como a Finlândia, desenvolveram métodos para que a energia seja armazenada de outras formas, como ao fazer uso da areia em vez do lítio. A areia já era utilizada no antigo Egito para armazenar calor do deserto e, agora, pode suprir a demanda de grandes cidades.  A descoberta está em processo de patenteamento. 

Brasil vem afrouxando as suas medidas

O Brasil vem afrouxando as suas medidas e tributos de exportação para incentivar que, em meio a escassez do metal no mercado, haja a possibilidade dos países  negociarem com as grandes empresas de mineração brasileiras,  principalmente no estado de Minas Gerais (MG). 

A decisão de diminuir os tributos foi tomada pelo governo Bolsonaro e deverá girar, até o ano de 2030, milhões para a economia brasileira. Incentivando assim, o crescimento e desenvolvimento do PIB, Produto Interno Bruto. 

A decisão é uma das tentativas do governo em negociar com os mineradores e grandes indústrias,  criando mais vagas de emprego e incentivando o giro econômico. 

  1. Fontes e análise fornecida pela assessoria de imprensa Martec, que oferece serviços de caça vazamento e desentupidora**.

Relacionados
Mais recentes