Início Vale começa a produzir areia sustentável em Minas Gerais para usos no setor da mineração




Vale começa a produzir areia sustentável em Minas Gerais para usos no setor da mineração

dezembro 17, 2021 às 12:06 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A Vale anunciou a produção de uma areia sustentável em Minas Gerais, que será utilizada na mineração e contribuirá para a sustentabilidade
A Vale anunciou a produção de uma areia sustentável em Minas Gerais, que será utilizada na mineração e contribuirá para a sustentabilidade. Fonte: Divulgação

A Vale anunciou a produção de uma areia sustentável em Minas Gerais, que será utilizada no setor da mineração e contribuirá para a sustentabilidade nesse segmento

Após momentos conturbados,, a mineradora Vale está adequando os seus locais de operação do minério de ferro em Minas Gerais para iniciar a produção da areia sustentável. Dessa forma, a partir dessa quinta-feira, (16/12), o setor será bastante beneficiado, tendo em vista que a areia desenvolvida pela empresa, será amplamente utilizada na mineração e contribuirá para práticas mais sustentáveis no segmento. 

Veja também:

Areia sustentável contou com cerca de R$ 50 milhões em investimentos para ser desenvolvida

A areia sustentável desenvolvida pela Vale tem como base o material arenoso que anteriormente era descartado em pilhas e barragens e agora é processado e transformado em produto, seguindo os mesmos controles de qualidade da produção de minério de ferro. Os investimentos foram de R$ 50 milhões durante 5 anos e, somente nesse ano de 2021, a Vale conseguiu a produção de 250 mil toneladas do produto para serem vendidas ou doadas para uso em concretos, argamassas, pré-fabricados, artefatos, cimento e pavimentação rodoviária.

Marcello Spinelli, vice-presidente executivo de Ferrosos da Vale, comentou acerca das práticas sustentáveis da empresa no setor da mineração e destacou a importância da produção da areia sustentável, afirmando que “Esta ação promove a economia circular dentro das nossas unidades e reduz o impacto da disposição de rejeitos para o meio ambiente e a sociedade, além de ser uma alternativa confiável para a indústria da construção civil, que possui uma alta demanda por areia”.

A areia é o segundo insumo mais utilizado do mundo inteiro, segundo a Organização das Nações Unidas, a ONU, e a Vale quer transformar essa utilização em uma prática mais sustentável, uma vez que a areia sustentável que é produzida através do tratamento de minério de ferro é um produto 100% legal, com alto teor de sílica e baixo teor de ferro, além de alta uniformidade química e granulométrica. Jefferson Corraide, gerente executivo do Complexo Brucutu e Água Limpa, destacou que a areia não pode ser perigosa na utilização e afirmou que “O processamento mineral para obtenção da areia é essencialmente físico, não alterando a composição dos materiais, portanto o produto não é tóxico”.

Vale expande produção de areia sustentável e espera mais de 1 milhão de toneladas o setor de mineração apenas em 2022

A Vale está decidida em continuar com os esforços em relação à areia sustentável e já acertou o destino de mais de 1 milhão de toneladas apenas em 2022, para compradores que são empresas com atuação em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e o Distrito Federal. Além disso, a mineradora pretende expandir esse número e chegar à marca de 2 milhões de toneladas em 2023. 

Rogério Nogueira, diretor de Marketing de Ferrosos da Vale, comentou acerca da iniciativa de expansão na produção e afirmou que “Estamos nos preparando para escalar ainda mais a destinação de areia a partir de 2023. Para isso, estamos com um time de profissionais dedicados para este novo negócio e adequando nossas operações para atender as necessidades do mercado”.

Atualmente, a empresa está produzindo a areia sustentável para venda e doação na Mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo, Minas Gerais, mas pretende expandir essa produção para outros locais e atingir novos compradores no mercado nacional.

Relacionados
Mais recentes