Início Presidente do Brasil participa do Congresso Aço Brasil 2022 e tem discurso ovacionado, confira 




Presidente do Brasil participa do Congresso Aço Brasil 2022 e tem discurso ovacionado, confira 

agosto 28, 2022 às 7:37 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Congresso Aço Brasil
Congresso Aço Brasil (Reprodução: divulgação)

Durante a abertura do Congresso Aço Brasil 2022, realizado no último dia 23, em São Paulo, foi possível contar com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Em suma, ele iniciou sua fala destacando a satisfação em voltar ao Congresso Aço Brasil. Posteriormente, ele pontuou que um dos grandes indicadores no desenvolvimento de um país é o consumo de aço, destacando a importância do trabalho exercido pelo Instituto Aço Brasil.

Em seguida, ele enfatizou as medidas econômicas do seu governo, que definiu como “vacinas economicas”. Além disso, ele falou sobre fiscalização e redução de impostos. Por outro lado, ele mencionou a intenção do ministro da Economia, Paulo Guedes, em zerar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), além de argumentar para os empresários presentes que a sua gestão tem a missão de diminuir tributos sem prejudicar a competitividade da indústria.

Neste sentido, ele falou que a indústria brasileira não pode seguir competindo com uma “bola de ferro presa na perna” enquanto só chineses adentram o mercado com facilidade. Segundo ele, o país tem material suficiente para manter o setor, pontuando que o problema está na falta de união do setor.

Artigos recomendados

Vídeo do Discurso do Bolsonaro no Congresso 23/08/2022

23/8/2022 – Bolsonaro no Congresso Aço Brasil 2022, em São Paulo.

Por outro lado, Marcos Faraco, destacou a importância da retomada do Congresso Aço Brasil 2022 a seu formato presencial, e mencionou a possibilidade do acesso online em 2022. Além disso, ele lembrou que o setor do aço prevê investimento de R$52,5 bilhões até 2026, com foco em modernização e aumento da produtividade.

Segundo ele, o setor siderúrgico sofreu de forma resiliente os desafios que se apresentaram nos últimos deles. Para começar, a pandemia reduziu em mais de 70% a demanda por produtos provenientes da indústria do aço. Além disso, ele lembrou de outro ponto negativo, para o segmento, que foi as restrições de circulação na China e o conflito da Ucrânia, onde os impactos estão sendo sentidos, não somente no Brasil, mas em todas as economias do mundo.

Faraco ainda mencionou que a indústria do aço permanece firme, mantendo um forte relacionamento com todos os setores da economia, especialmente o da construção civil. Por outro lado, ele falou sobre a agenda estratégica elaborada pelo Instituto Aço Brasil, que foi entregue a Jair Bolsonaro antes da abertura do evento. A agenda contém propostas de medidas estruturantes voltadas para o crescimento do país, incluindo a necessidade de uma reforma tributária ampla.

Governo Federal mostra incentivo ao setor durante o Congresso Aço Brasil 2022

Outro destaque da abertura do Congresso Aço Brasil foi o Ministério do Meio Ambiente, Joaquim Leite, que citou que o Governo tem incentivado o caminho para uma economia mais verde e sustentável, com foco em menos emissões de poluentes até 2050. Segundo ele, entre os propósitos do Governo estão a triplicação da geração de energia solar e eólica. Sendo assim, ele acredita que a atuação conjunta com o Instituto Aço Brasil é uma excelente oportunidade para auxiliar o Brasil a produzir energia cada vez mais limpa e sustentável.

Entre os discursos de abertura do Congresso Aço Brasil 2022, foi possível perceber que as pautas econômicas tiveram destaque. Entre elas, competitividade no setor, sustentabilidade e Custo Brasil foram discutidas por autoridades políticas e representantes da indústria siderúrgica nacional durante o evento, que ocorreu até o dia 24 de agosto.

Confira dados sobre o setor do aço

Em 2021, a indústria siderúrgica brasileira bateu recordes de produção, vendas, consumo e resultados financeiros. Ao todo, a produção brasileira marcou 36 milhões de toneladas. Até o fim de 2022, as previsões do Aço Brasil apresentam uma alta de 2,2% na produção de aço bruto, representando 36,7% milhões de toneladas. Entretanto, a entidade anunciou que será necessário revisar esses números. 

Leia mais: Setor mineral divulga carta com propostas para de ações para coibir os garimpos clandestinos  

Relacionados
Mais recentes