Início Faturamento do setor mineral ultrapassa a casa dos R$ 189 bi até agosto deste ano e projeções continuam otimistas para o segmento




Faturamento do setor mineral ultrapassa a casa dos R$ 189 bi até agosto deste ano e projeções continuam otimistas para o segmento

novembro 10, 2022 às 5:10 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
caminhão amarelo na indústria mineral de carvão
Fonte: Pxhere

Entenda como os fornecedores estão se preparando para acompanhar o ritmo de um mercado que projeta investimentos de até US$ 38 bi até 2025

São Paulo, novembro de 2022 – A retomada da economia mundial, a valorização das commodities e o aumento das exportações no cenário pós-pandêmico têm alavancado setores importantes da economia brasileira, como o da mineração. De acordo com dados do Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração), até o terceiro trimestre deste ano, o faturamento dessa indústria já somava um montante de R$189 bilhões, reforçando as projeções otimistas do órgão, que prevê investimentos de até US$ 38 bilhões, direcionados ao setor até 2025. A demanda crescente por metais ligados às tecnologias de energia limpa, como o cobre e o alumínio, são algumas das maiores promessas à mineração brasileira.

Acompanhando o crescimento desse setor base à economia do país, grandes fornecedores têm igualmente investido em capacidade produtiva, a fim de absorver suas necessidades estruturais de operação. Nesse sentido, empresas como a Krominox, líder nacional na produção de tubos em aço inoxidável, segue ampliando suas plantas fabris, com a aquisição de novas indústrias e equipamentos.

Artigos recomendados

“O aço inox se faz muito presente no setor da mineração em virtude da alta resistência à corrosão e grande durabilidade. Ele é comumente aplicado a tubos e tanques, assim como plataformas de perfuração, ferramentas, passarelas, e muitos outros itens utilizados no processamento dos minerais. Sentimos um forte aumento dessa demanda setorial específica nos últimos anos e, estrategicamente, estamos aportando um bom capital para absorver essas necessidades”, comenta Marcos Barbosa, CEO da Krominox.

Oferecendo um portfólio completo e altamente personalizável de tubos – que inclui diferentes bitolas e comprimentos exatos para diversas plantas industriais -, conexões, chapas e perfis estruturais em aço inox ao setor da mineração, a Krominox adquiriu recentemente duas unidades fabris da Partners Serviços e Industrialização de Tubos Ltda para ampliar ainda mais sua cartela de produtos. Com um investimento de R$6,250 milhões, divididos entre a compra e reestruturação do negócio, a Krominox está transferindo toda a estrutura e know-how da antiga fabricante, situada em Porto Feliz, para sua planta de Itapevi, ambas no estado de São Paulo.  “Prevemos um crescimento na casa dos 25% para os próximos anos, a partir da expansão dos negócios para novas vertentes da indústria que passarão a ser atendidas”, complementa Barbosa.

Relacionados
Mais recentes