Friday, 03 de December de 2021

A empresa de metais preciosos, Amarillo Gold, recebe Licença de Instalação para linha de transmissão de energia do Projeto Mina de Posse

Amarillo Gold, famosa por seu Projeto Mina de Posse, recebeu a Licença de Instalação para construção de linha de energia

Amarillo Gold, famosa pelo seu Projeto Mina de Posse, recebeu a Licença de Instalação para a construção da linha de energia que chegará ao projeto

A corporação Amarillo Gold anunciou na última segunda-feira, (25/10), que o seu projeto de construção da linha de transmissão que levará energia elétrica ao Projeto Mina da Posse foi autorizado e a companhia recebeu a Licença de Instalação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (SEMAD), necessária para a finalização da linha.

Leia também:

Mercedes-Benz anuncia lançamento de caminhão voltado para as áreas de construção e mineração

Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) fecha parceria com a Battery Streak para fabricar baterias de íons de lítio usando nióbio

Construção da linha de transmissão de energia busca atender às necessidades do Projeto Mina da Posse e favorecer as operações na região

A Licença de Instalação que a Amarillo Gold recebeu era o que faltava para a empresa conseguir a construção da linha de transmissão de energia que irá cruzar 3 diferentes municípios e interligar as instalações da empresa à subestação de energia em Porangatu. A subestação já havia conseguido uma Licença de Instalação no começo do ano de 2021 e a companhia afirmou que as obras do local já se encontram em estágio final. 

Paulo Serpa, country manager da Amarillo Gold, comentou sobre a construção e informou que “nosso objetivo desde o início foi construir uma infraestrutura que atenda às necessidades do projeto de ouro Mina de Posse e deixe um legado valioso para a comunidade”. Assim, a empresa não só busca a linha de transmissão de energia para o projeto, como também tem em mente o objetivo de deixar um legado e a sua marca nessa região com a construção.

Para esse projeto, a Amarillo Gold está investindo um valor de cerca de R$ 50 milhões, a fim de conseguir a infraestrutura desejada, que conta com uma linha de 138 KV, a subestação de Porangatu, um desvio da linha de transmissão de 69 KV que atravessa a Mina de Posse e uma linha que não será recorrente, de 34,5 KV, apenas para o fornecimento de energia durante todo o processo da construção do projeto. 

Amarillo Gold fez parceria com a empresa Enel para a linha de transmissão de energia do Projeto Mina de Posse 

A empresa do ramo energético do estado de Goiás, Enel, conhecida em todo o território nacional, é a parceira da Amarillo Gold para a construção da linha de energia que irá abastecer a Mina de Posse. A Enel já conseguiu a aprovação geral para o projeto e o terreno necessário já foi adquirido pela companhia, para então as obras começarem a todo vapor, já que a Licença de Instalação, que era o mais complicado, já foi conseguida. 

Ainda sobre a parceria entre as duas empresas, o diretor Paulo Serpa comentou que  “Nossa parceria com a Enel e essas aprovações mostram que estamos fazendo um progresso constante para atingir essa meta”. Assim, a preparação para a construção da linha já pode ser iniciada e o objetivo das companhias serem alcançados mais facilmente, abastecendo a Mina de Posse em um período próximo. 

Uma aprovação do SEMAD a mais foi concebida para a Amarillo Gold e a companhia poderá também fazer um desvio em uma linha de transmissão já existente e que abastece o município de Mara Rosa. A previsão de início para o projeto da companhia de metais preciosos é para novembro de 2021 e o período total para a construção da linha de transmissão é de 14 meses, para então começar a abastecer a Mina de Posse.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.