Início Impacto negativo da Vale é de 74,1 milhões de toneladas de minério no segundo trimestre




Impacto negativo da Vale é de 74,1 milhões de toneladas de minério no segundo trimestre

julho 20, 2022 às 5:24 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Impacto negativo da Vale
Impacto negativo da Vale (Reprodução: divulgação)

A mineradora Vale fechou o primeiro trimestre de 2022 com uma forte queda. O impacto negativo da Vale corresponde à produção de minério de ferro, com 74,1 milhões de toneladas. Em relação ao período homólogo, os dados correspondem a 1,2% de queda. 

Neste sentido, a produção de pelotas cresceu 8,3% na mesma comparação, para 8,6 milhões de toneladas. No comunicado enviado à imprensa, a mineradora afirmou que o impacto negativo da Vale ocorreu devido a restrições pontuais na cadeira de fornecedores, além da menor disponibilidade de “run of mine” (ROM, um minério bruto extraído diretamente da mina, o que ocasionou em processos de licenciamento mais lentos.

A Vale ainda pontuou que, na produção de Pelotas, houve uma redução nas atividades de manutenção na unidade de Omã, além de um aumento na disponibilidade de “pellet feed”, na planta Vargem Grande.

Produção de cobra marca impacto negativo da Vale

No segundo trimestre do ano, a produção de cobre teve um impacto negativo na Vale e caiu 23,9% em comparação ao mesmo período do ano passado, com 55,9 mil toneladas.

Conforme a mineradora, houve a retomada das operações em Sossego, no início de junho, após a manutenção prolongada que ocorreu no moinho SAG. Durante o primeiro trimestre, uma avaliação do mundão de descarga apontou a necessidade da substituição completa que foi concluída no trimestre.

Além disso, algumas manutenções programadas para 2023 foram antecipadas, incluindo o rebobinamento do GMD (gearless mill drivel) e de trabalhos de integridade estrutural. Devido a este aumento do escopo de manutenção, levou a um intervalo na usina de 4,5 meses no total, diferente dos 45 dias originalmente planejados.

Conforme a Vale, “A usina de Sossego vem operando em ritmo consistente desde o final de junho”.

Além disso, entre abril e junho, a Salobo foi impactada e teve as suas operações canceladas devido a manutenções. Sobre o ocorrido, a Vale afirmou: “A movimentação da mina continuou a melhorar durante o trimestre. Entretanto, a produção de concentrado foi afetada negativamente pelo desempenho da usina devido aos atrasos no ‘ramp-up’ após a manutenção planejada e a manutenção corretiva adicional”. Posteriormente, a mineradora também acrescentou que a manutenção deverá continuar no segundo trimestre.

Impacto negativo da Vale já ocorre desde 2021

Durante o segundo trimestre de 2021, as vendas de minério de ferro da mineradora somaram 64.318 milhões de toneladas, com queda de 2,3% comparado ao mesmo período de 2022. Já as vendas de pelotas, as vendas subiram 15,6% na mesma comparação, com 8,8 milhões de toneladas.

Posteriormente, as vendas de finos de minério de ferro e pelotas totalizaram 73,2 milhões de toneladas no segundo trimestre, com um valor que atingiu US$7,3 milhões por cada tonelada.

Além disso, as vendas de níquel da mineradora no segundo trimestre totalizaram 39,3 mil toneladas, com queda de 17,1% em comparação ao mesmo período de 2020. Em relação ao cobre, as vendas somaram 51,5 mil toneladas, com queda de 30,6%.

Vagas de emprego onshore no estado do Rio de Janeiro, confira todas agora.

Lucro da Vale está em queda

Durante o primeiro trimestre de 2022, a mineradora Vale registrou um lucro líquido de US$4,4 bilhões, com queda de 19,6% em comparação com o mesmo período de 2021. Em comparação ao último trimestre do ano anterior, a queda soma US$ 969 milhões no lucro líquido.

Sobre a situação, a Vale apontou que: “O EBITDA sazonalmente menor e os maiores resultados financeiros do 4T21 explicam a queda, que foi parcialmente compensada pelo impacto positivo de US$ 1,1 bilhão do acordo vinculante para venda das operações de minério de ferro e manganês do Centro-Oeste e as provisões para descaracterização de barragens e Fundação Renova registradas no 4T21”.

Relacionados
Mais recentes