Início CSN negocia com credores da produtora de minério de ferro Samarco e ela informa que não está a venda




CSN negocia com credores da produtora de minério de ferro Samarco e ela informa que não está a venda

agosto 12, 2022 às 7:25 pm
Compartilhe
Siga-nos no Google News
produtora de minério de ferro
Produtora de minério de ferro (Reprodução: divulgação)

A siderúrgica brasileira CSN, que é a controladora da mineradora CSN Mineração, informou uma negociação com os credores da produtora de minério de ferro Samarco mirando sobre o controle da empresa. Na última semana, a CSN apresentou a base de suas propostas aos credores da Samarco, em informações reveladas ao Estado de S. Paulo, no último dia 11 de agosto, citando fontes anônimas.

Apesar da proposta inicial ter agradado aos detentores de títulos da Samarco, outras negociações entre as duas empresas foram fechadas. Em junho, a CSN contratou a empresa de reestruturação de dívidas Ricardo K. para desenvolver uma oferta, porém, o acordo ainda é considerado grosseiramente complexo. Entretanto, ele seria útil para as duas empresas e possuiria grandes impactos.

Neste sentido, a produtora de minério de ferro Samarco,  uma joint venture entre a mineradora Vale e a empresa global BHP, poderia ser a grande solução para resolver os problemas com controladores e detentores de títulos. Sendo assim, sob uma recuperação judicial desde o ano passado para evitar pagamentos antecipados a alguns detentores de títulos, para preservar todo o fluxo de caixa, a empresa intenciona avançar para a produção total até 2029.

Anteriormente, a produtora de minério de ferro Samarco interrompeu suas operações do final de 2015 até dezembro de 2020, logo após o rompimento de sua barragem de rejeitos de Fundão, que ocasionou a destruiu de dois distritos, matando 19, e causando danos ambientais generalizados, afetando centenas de pessoas. Sendo assim, no ano passado, a empresa produziu 7,87 Mt de pelotas de minério de ferro, cerca de 26% de sua capacidade de 30 Mt/a.

BHP Brasil e Vale negam propostas e afirmam que a Samarco não está a venda

No último mês, a Samarca apresentou três propostas para reorganizar uma dívida de R$50 bilhões, buscando um corte de valor de 75%, que foi rejeitado pela maioria dos credores. Paralelamente, um grupo de 17 fundos apresentou um plano alternativo na Justiça, que propôs a troca de parte dos seus títulos pelo controle total da empresa;

Neste sentido, para a CSN, essa aquisição seria responsável por estimular os planos de expansão da empresa. Somente no ano passado, a CSN Mineração estreou suas ações na bolsa de valores local, além de ter anunciado um plano para atingir a produção anual de minério de ferro previsto para 103 Mt até 2033, bem acima dos 30 Mt atuais. Além disso, no fim do ano passado, a empresa divulgou um plano de investimentos estimado em R$12 bilhões, para cobrir  plano entre 2022 e 2026, plano esse que visa expandir a produção de minério de ferro, tornando a empresa a quinta maior produtora do mundo.

Conheça mais sobre a Samarco

A Samarco é uma empresa de capital fechado que foca sua atuação no segmento de mineração, sendo uma joint venture de propriedade da Vale e BHP. Atualmente, a empresa possui sede em Belo Horizonte (MG), e tem unidades operacionais em Minas Gerais e no Espírito Santo. Além disso, o principal produto da empresa são as pelotas de minério de ferro, que é a matéria-prima para a produção de aço na indústria siderúrgica. Hoje, a empresa retomou as suas operações de uma forma diferente e inédita, focando suas ações em novas tecnologias e maior segurança, sempre buscando gerar valor duradouro para os territórios onde atua.

Leia mais: Setor de minério de ferro está com vagas para operador de mineração e Técnico em Mineração em todo Brasil; confira oportunidades!

Relacionados
Mais recentes