Friday, 03 de December de 2021

Banca para concurso ANM com 40 postos de emprego é oficializada

A banca para o concurso ANM, realizado pela Agência Nacional de Mineração, foi definida e falta apenas a finalização do edital com as 40 vagas

A banca para o concurso ANM, que será realizado pela Agência Nacional de Mineração, foi definida e falta apenas a finalização do edital com as 40 vagas para especialista em recursos minerais

Durante esta última quarta-feira, (03/11), o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) divulgou a dispensa de licitação, que oficializa a banca selecionada para o concurso da Agência Nacional de Mineração – ANM, que visa oferecer 40 vagas para o cargo de especialistas em recursos minerais, necessitando apenas da publicação do edital para as informações finais.

Artigos que talvez você se interesse:

Concurso ANM tem banca definida e divulgação de estados que serão contemplados

O concurso ANM, da Agência Nacional de Mineração, foi autorizado em julho e a sua realização será comandada pelo Cebraspe, de acordo com a divulgação em meses anteriores. Agora, foi divulgada a seleção da banca que irá avaliar o concurso, além dos estados que serão contemplados com as 40 vagas para o cargo de analista em recursos minerais. Os interessados nas vagas aguardam agora somente a publicação do edital final, que tem previsão para janeiro do ano de 2022. 

As 40 vagas que serão disponibilizadas no concurso ANM são todas para o cargo de analista em recursos minerais e a Agência Nacional de Mineração já divulgou a lista dos estados que poderão participar desta seleção. Entre eles estão Minas Gerais, com 18 vagas; Pará, com 8 vagas; Mato Grosso, com 2 vagas; São Paulo, com 2 vagas e Distrito Federal, com 10 vagas no total. Todas as vagas para analista em recursos minerais exigem curso superior para a inscrição, mas ainda não foram divulgados quais seriam os cursos.

A Agência Nacional de Mineração deu mais algumas informações sobre o concurso ANM e como ele irá funcionar, além da divulgação dos estados e da banca, a agência também informou sobre a remuneração dos convocados. Segundo a ANM, a remuneração inicial será de R$ 4.039,70, que podem ser acrescidos da Gratificação de Desempenho de Atividades de Recursos Minerais (GDARM), podendo chegar até o salário de R$ 9.909,30.

Concurso ANM ainda não irá suprir cargos vagos na empresa 

Apesar de serem oferecidas cerca de 40 vagas para esses diferentes estados, o concurso ANM não será suficiente para preencher os cargos vagos da Agência Nacional de Mineração, que já somam cerca de 600 postos vagos. Assim, a companhia poderá realizar novas seleções e abrir mais inscrições para diferentes vagas, a fim de preencher o seu quadro de funcionários e dar mais oportunidades aos moradores de diferentes estados do Brasil para esses empregos. 

Uma outra forma de preencher mais vagas que estão vazias na companhia é chamar mais aprovados no concurso ANM para os empregos. De acordo com o  decreto, nº 9.739 de 2019 , o Ministério da Economia pode autorizar 25% a mais do número de vagas imediatas. Assim, o que a Agência Nacional de Mineração precisa fazer é uma breve solicitação ao Governo Federal para a liberação dessas novas vagas, a fim de preencher os cargos vagos da companhia. 

Entretanto, essa solicitação somará, apenas, 56 vagas no total, o que ainda mantém o déficit no quadro de funcionários. O que se espera da ANM é que a agência faça uma nova seleção para preencher essas vagas nos próximos anos, e novas pessoas possam ser beneficiadas com esses empregos.

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.